Depois da mais longa greve, bancários terminam paralisação em todo o Brasil.

Campo Grande(MS) – Depois de mais de 30 dias de paralisação os  bancários que trabalham em bancos privados e no Branco do Brasil e da Caixa Econômica Federal,  aceitaram proposta de reajuste salarial e encerram a greve que durou 31 dias. A partir de hoje  (7), todas as agências  voltam a funcionar normalmente em Campo Grande e mais 27 municípios, jurisdição do sindicato da Capital. Na assembleia realizada  na noite de ontem,   415 bancários,  acataram acordo proposto pela Fenabran (Federação Nacional dos Bancos).

Para os servidores do Banco do Brasil e dos bancos privados a negociação global aceita compreende reajuste de 8%, abono de R$ 3,5 mil (pago em uma única vez), reajuste de 15% no vale-alimentação, de 10% no vale-refeição e auxílio-creche/babá agora para 2016 e reposição salarial da inflação pelo INPC mais 1% de aumento real em 2017. Foi acertado também que os dias parados por conta da paralisação serão abonados aos bancários.

Os funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) votaram mais tarde as propostas e também entraram em acordo. A assembleia desses servidores terminou por volta das 20h30. As reuniões aconteceram na sede do Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região e ainda em Dourado.

 

 Da redação

Foto Divulgação.