OUÇA: Contenção; Trad vai cortar"regalias" de quem recebe acima de R$ 3 mil.

Campo Grande(MS) – Secretários de relações Institucionais Antônio Cesar Gomes da Silva e o de Finanças Pedro Pedrossian Neto explicaram  por quase duas horas, na tarde desta quinta feira(25/05),  a evolução das finanças da prefeitura de Campo Grande que ficou quatro anos sem crescer. E contraiu uma divida de R$ 126 milhões em  salários atrasados e de R$ 435 milhões com fornecedores. A prefeitura deve mais de R$ 6 milhões para a Águas  e a Energisa. A conta não fechou em Março e Abril e por isso, o déficit financeiro é de R$ 31 milhões de Reais.

Para fazer economia, o prefeito Marcos Trad(PSD),  anuncia decreto de contenção de gastos que entra em vigor a partir de primeiro de Junho. E que vai retirar um terço de regalias para quem recebe mais de R$ 3 mil por mês. Os  secretários também tiveram salários reduzidos de   R$ 17 para R$ 11 mil  Bruto por mês. Os comissionados e os que ocupam cargos em confiança serão os mais atingidos e somam 600 servidores na máquina municipal. O Prefeito Trad tranquiliza os servidores de que, não haverá demissão  e nem corte de garantias trabalhistas.

Trad anunciou que tem servidor que recebe R$ 19 mil por mês e ainda ganha  bolsa alimentação e mais R$ 5 mil em  gasolina.

 

Trad garantiu que os reajustes para os servidores com data base em maio,  passam por discussão entre o executivo e os representantes dos servidores e que  a pedido da Associação Campograndense de professores, ACP,  quase  400 trabalhadores em educação cedidos para outras entidades voltam as salas de aula. O prefeito espera fechar a conta com mais R$ 57 milhões que pretende receber de 8 mil pessoas físicas e jurídicas que devem mais de R$ 2 bilhões para a prefeitura de Campo Grande. Ouça a entrevista de Marcos Trad pela Rádiowebms.

 

João Flores Junior

Foto RW.