Professora Glorinha morre aos 88 anos em Campo Grande.

Campo Grande(MS) – Maria da Glória Sá Rosa, 88 anos, faleceu na noite de  quinta feira(29/07)no  Hospital El Kadri, em Campo Grande. Ela precisou ser internada depois de sofrer acidente vascular cerebral (AVC) na  segunda feira e chegou a ficar em coma. A professora e escritora pertence a  da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e ocupava a cadeira 19.A notícia foi confirmada por amigos próximos. A Academia Sul-Mato-Grossense de Letras também publicou nota de pesar. Detalhes do velório ainda não foram divulgados pela família.

Sua atuação na área das artes resultou na criação do Teatro Universitário Campo-grandense (TUC) e o Cine Clube de Campo Grande. Na política assumiu o cargo de secretária-adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Social; diretora executiva da Fundação de Cultura; presidente do Conselho Estadual de Cultura; superintendente da Secretaria de Cultura e Esportes; e, ainda, presidente da Fundação de Cultura.

OBRAS PUBLICADAS

 Estudo sobre Guimarães Rosa – 1967;
 Análise Estrutural do Romance – 1971;
 O Romance brasileiro atual Realismo Mágico e Realismo Mimético – 1976;
 Análise Interpretativa do conto “Casa de Bronze” de João Guimarães Rosa – 1974;
 Memórias da Cultura e da Educação em Mato Grosso do Sul;
 Deus quer, o homem sonha, a cidade nasce – “Campo Grande Cem Anos de História”;
 Crônicas de Fim de Século – 2001;
 Contos de Hoje e Sempre – Tecendo Palavras;
 Artes Plásticas em Mato Grosso do Sul (em parceria com Idara Duncan e Yara Penteado); 
 A Música de Mato Grosso do Sul, em parceria com Idara Duncan (FIC-MS, 2009);
 A Literatura Sul-Mato-Grossense na ótica de seus construtores – 2011 (em parceria com a escritora Albana Xavier Nogueira).

 

 

Da redação

Foto Divulgação.