Bairro não recebe correspondência ha mais de ano em Maracaju.

Campo Grande(MS) – A população de Maracaju, distante á 160 quilômetros de Campo Grande, sofre com o  atraso na entrega de suas correspondências. A falta de assiduidade na entrega acontece  e os servidores dos  Correios não explicam a causa do problema.  O site c Tudo do MS fez a denuncia por diversas vezes e  ficou sem  respostas. Na reclamação das correspondências feita pelo número, 0800 só um retorno vago. Os documentos com  data de novembro e dezembro do ano passado foram entregues  quarta-feira, dia 27 de janeiro. Em outubro de 2015 o mesmo atraso foi  registrado. 

As reclamações sobre a “ineficiência” na entrega de correspondências dos Correios em Maracaju começaram  de 2014 e piorou  em 2015. O serviço  de pior qualidade atinge  principalmente  moradores do Geazone, que de acordo com denuncias de moradores, o agente dos Correios, conhecido como “ Carteiro” não passa no bairro há mais de um ano. Até a entrega encomendas  pelo SEDEX, serviço anunciado com o de Excelência pelos Correios, com o Slogan de ..” mandou, Chegou… em Maracaju, isso não acontece. Quem Quiser que procure a agência para pegar objetos e encomendas.

 

O Outro Lado; Em Nota. A Assessoria de Comunicação dos Correios em Campo Grande, informa que, o gerente de planejamento e Qualidade, Pedro Moacyr Barcelos Neto, vai tomar conhecimento da situação que o serviço deve voltar a normalidade.

 

Da redação

 

Foto Divulgação.