Centrais realizam audiência sobre direitos dos trabalhadores na Assembleia Legislativa

Campo Grande (MS)- A Força Sindical e a Central Única dos Trabalhadores – CUT vão realizar nesta terça-feira (16) audiência pública na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, às 14 horas, como parte do “Dia Nacional de Mobilização e Luta pelo Emprego e Garantia de Direitos”.

Na audiência, com a presença de trabalhadores, parlamentares e autoridades gerais de Campo Grande e do Estado, as centrais vão divulgar um documento aprovado no final de julho em assembleia realizada entre praticamente todas as centrais sindicais, alertando a Nação sobre os perigos que rondam os trabalhadores e dando sugestões também para que o Brasil saia da atual crise econômica e passe a gerar emprego e renda para todos.

“A situação no Brasil está muito crítica. Nossa economia apresenta um quadro dramático com juros altos, inflação, insolvência de empresas e uma taxa de desemprego prestes a ultrapassar 12 milhões de trabalhadores. Como se não bastasse tudo isso, forças conservadoras do nosso país  ainda pregam uma jornada de trabalho de 80 horas semanais. Um absurdo”, lamentou Idelmar da Mota Lima, presidente da Força Sindical Regional Mato Grosso do Sul.

A Audiência Pública “Em Defesa dos Direitos dos Trabalhadores e das Trabalhadoras (Discussão da PLP 257/2016)” começa a partir das 14h, no Plenário Deputado Júlio Maia. A proposição do evento é do deputado estadual João Grandão (PT) em parceria com a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Fórum Estadual dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul, Sindicato dos Bancários de Campo Grande, Dourados e região e demais sindicatos e instituições do Estado.