OUÇA: Antonieta volta e diz que seu irmão, João Amarim é inocente e aguarda justiça.

Campo Grande(MS) – Depois de 120 dias de afastamento, a deputada estadual Antonieta Amorim,  retornou na terça-feira  aos trabalhos, dia em que a Assembleia Legislativa. De licença médica, a peemedebista passou em abril por cirurgia devido a um aneurisma cerebral. O período de 120 dias era o limite para o retorno da deputada. Caso Antonieta não voltasse  a casa,  teria de iniciar os procedimentos para convocar sua suplente, a vereadora douradense Délia Razuk (PR). Antonieta foi operada no começo de abril no Hospital Albert Einstein, em São Paulo  e desde então permaneceu na capital paulista. Foram meses de muita dificuldade, disse ela, comentando que neste período não houve perda de tempo, mas ganho em saúde. O retorno ocorreu na sexta-feira passada (29),  depois do  aval do médico.

 

No fim de semana, a deputada disse que esteve em Bela Vista, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Bonito, Dois Irmãos do Buriti e Bodoquena, participando de atividades partidárias relacionadas à  eleições  municipais.  Irmã do empreiteiro João Amorim, alvo central da Operação Lama Asfáltica, que investiga desvios milionários de recursos de obras públicas, a deputada descarta que seu afastamento tenha qualquer ligação com as denúncias. Ainda sobre a Lama Asfáltica, Antonieta quer claridade nas investigações A deputada ainda lamentou o fato de o PMDB não ter  candidato próprio à Prefeitura de Campo Grande. Ouvimos a deputada Estadual Antonieta Amorim. Ouça a declarção de Antonieta Amorim pela Rádiowebms

 

Da redação

Foto Divulgação.