Agentes fazem buscas na casa de policiais e ex prefeito de Anastácio

Campo Grande(MS) – Os dois policiais envolvidos na morte do ex-vereador Dinho Vital, em Anastácio, Valdeci Alexandre e Bruno Cesar Malheiros, e o ex-prefeito de Anastácio, Douglas Figueiredo, são alvos de um mandado de busca e apreensão nesta sexta-feira. O mandado, autorizado pelo juiz da 1 Vara da Comarca de Anastácio, Luciano Pedro Beladelli, tem por objetivo “coletar provas relativas à prática do crime de homicídio qualificado, por meio da apreensão de vestígios físicos ou digitais localizados, por exemplo, em cadernos, agendas, anotações avulsas, extratos, dispositivos eletrônicos, servidores, redes ou serviços de armazenamento em nuvem de qualquer espécie, quando houver suspeita que contenham material probatório relevante para as investigações; sem prejuízo, obviamente, de eventuais instrumentos caracterizadores de crime”.

O juiz determinou que o mandado seja cumprido  com a presença de duas testemunhas e os objetos apreendidos, até melhor acondicionamento, permaneçam na Delegacia de Polícia Civil

O ex-vereador do Município de Anastácio, Dinho Vital, foi assassinado no dia 8 de maio, após confusão no aniversário da cidade, em briga política envolvendo o ex-prefeito e atual pré-candidato a prefeito do Município, Douglas Figueiredo. Os dois policiais, que estavam na festa, alegaram que apenas reagiram ao ex-vereador, mas a polícia investiga o caso. Eles se afastaram da corporação nesta semana. Com informações do Investiga MS 

Da redação